Vontade

Deu uma pequena vontade de escrever…

Mas não sei ao certo sobre o que? Ou para que escrever?

Estou sem título, sem momento, sem NADA…

Isso faz um bom texto, eu acho…

Esses dias andam sendo puxados, assim como um guincho puxa um carro, eu me vejo parada e a vida vem me levando, eu não quero ser levada. Sou como aquele carro que empacou no deserto, porque engoliu muito areia no motor… e você tende a tentar, mas o carro não quer pegar ._. Deixa ele em paz, deixa ele quieto, deixa ele morto :~

Tenho medo dessa vida, não gosto do que não conheço, do que é imprevisível, essa vida além de tudo o que temo, ainda carrega uma maldade triunfal, despejada por entre as bordas.

Eu não quero mais sonhar, não quero mais amar, eu que sempre fui um tanto sentimental não acredito que estou perdendo isso, pois é a vida não me deixa descansar, acabo cometendo erros e o pior eu sei quais são, e nem tento para-los.

Está na hora do tal cupido aparecer, mas aquele milagroso, para me trazer algo que pertence ao meu coração. (traga o meu guri por favor).

Só assim o carro voltará a funcionar por conta própria, temos que cuidar dele, para que ele volte…

Você, tens que cuidar de mim para que eu volte…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s