Arrependimento Multiplo

E eu me rendo pela simples bobeira de dizer que a esperança ainda vive em mim.

E eu tenho esperança pela simples bobeira de acreditar nos sonhos que eu não conquistei.

E eu acredito nos sonhos pela simples bobeira de ser uma eterna apaixonada por algo totalmente incoerente.

E eu luto pela simples bobeira de me apaixonar pelo erro novamente, novamente e novamente.

E eu erro pela simples bobeira de achar que tudo ainda pode ser perfeito (mas o perfeito não existe).

E eu me engano com o perfeito pela simples bobeira de não querer me arrepender mais uma vez.

E eu me arrependo bela simples bobeira de me render a tudo aquilo que se classifica como: único e eterno, de valor inestimado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s