Paz

Já perdi tantas coisas,  amigos, amores, sonhos, confianças, já deixei escapar tantas vontades, já me deixei esquecer tantos objetivos.

Já me dediquei eternamente ao que achava de maior e tivesse um valor inestimado…

Mas eu cansei, ou algo dentro de mim se apagou, como mágica…

Há um mês atrás eu estaria a beira de um colapso com certos acontecimentos momentâneos, mas eu meio que desisti de entrar em *colapso…

Eu desisti de tudo que desistiu de mim, ou do que nunca existiu.

Eu cansei de levar tudo ao meu coração, coisas que não mereciam tanto da minha mente.

Eu estou em paz, pelo menos há alguns dias, e eu não sei se vai durar por muito tempo, mas eu me sinto bem…

Fazia tempo que eu não me sentia bem COMIGO MESMA, sem depender de qualquer outro obstáculo que eu pudesse ultrapassar.

Na realidade eu sempre procuro e busco o mais difícil, da maneira mais nítida e improvável…. na surrealidade eu sou considerada uma sonhadora nata, que não tem nada a perder e sim o que viver(sonhar)…

Mas eu cansei dessa dificuldade, há tantas coisas que eu ame ao meu alcance, tantos outros sonhos que eu ainda nem se quer sonhei…

Eu não me intendo, mas tento manter essa calma.

E agora eu posso dizer: Vamos começar um sonho, e desta vez sem traçar nenhuma linha antes do presente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s